Publicidade

ARTIGO

Cidade Nossa Senhora do Socorro

Nos primórdios da ocupação territorial brasileira, o Estado de Sergipe foi habitado por diferentes tribos indígenas, de diversas etnias. Esses grupos, cada um com sua cultura, costumes e tradições, deram início à formação da população dos municípios sergipanos. Foi dessa forma que surgiu o município de Nossa Senhora do Socorro.

Desde o início de sua povoação, o município passou por muitas mudanças. A elevação do povoado às categorias de freguesia, vila e cidade seguiu interesses ora jurídicos, ora religiosos.Seguindo esse ritmo, no século XVIII a cidade já possuía aproximadamente três mil habitantes, que viviam da plantação de mandioca e da cana-de-açúcar.

Localizado na micro região homogênea do litoral sul sergipano, o município tem uma extensão territorial de 155 Km2 onde vivem 179.661 habitantes (2016). Economicamente, a região tem como principais atividades a pecuária, a piscicultura, a agricultura e a indústria. Sendo que a indústria, concentrada nos ramos de alimentos, malharias, artefatos de cimento, renovadoras de pneus, fábricas de velas, de leite de coco e gesso, tem crescido muito por conta dos incentivos fiscais.

De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia Estatística (IBGE), entre 1997 e 2002, o município foi o que mais atraiu empresas, subindo de 566 unidades, em 1997, para 1.024 até dezembro de 2002. O crescimento foi muito acima das médias estadual, regional e nacional.

O desenvolvimento da indústria fez com que, a partir da década de 80, o município passasse por grandes transformações urbanísticas. Os povoados, que encontravam-se próximos de mangues, tiveram que dar lugar à empreendimentos imobiliários, que visavam o fortalecimento da economia e também da atividade industrial. A consequência foi uma série de problemas e dificuldades como desemprego, violência e marginalidade.

Independente desses problemas, por causa de suas raízes históricas, a população de Nossa Senhora do Socorro possui um grande desenvolvimento cultural. Manifestações folclóricas, representadas pela capoeira, e festejos carnavalescos, que acontecem na prainha do Porto Grande, representam um pouco da cultura afro-descendente tão presente no local. Além disso, a prainha do Porto Grande é atualmente o principal ponto turístico da região. Sua orla conta com bares e quiosques, onde acontecem os principais eventos da região.

Fonte:

Prefeitura de Nossa Senhora do Socorro

IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia Estatística

by The Cities

Mapa

Publicidade

The Cities

O The Cities é um Portal de conteúdo estruturado que atua de forma integrada na prestação de serviços de informações confiáveis, precisas e atualizadas nas áreas de economia, cultura, turismo, história, lazer, meio ambiente, saúde, urbanismo, poder público, cotidianos e gerais.

Informações

Como utilizar o Portal

Política de Privacidade

Aviso Legal

Quem Somos

Fale Conosco

Trabalhe conosco

Receba os conteúdos
do Portal The Cities:

Quero receber

© 2014 - 2020 The Cities Todos os direitos reservados

© 2014 - 2020 The Cities - Sua cidade em evidência. Todos os direitos reservados

aguarde, processando...