Publicidade

ARTIGO

Cidade de Itaporanga da Ajuda

A cidade de Itaporanga Dajuda se formou graças a um grupo indígena tupinambá que chegou no local em busca de melhores condições de vida. Liderados pelo cacique Surubi, foram eles que denominaram a região de Itaporanga, que significa pedra bonita. Porém, a ocupação indígena teve poucos momentos de paz na região. Também interessados em povoar o local, os colonos portugueses entraram em conflito com os índios e marcaram o período com lutas, resistências e mortes. No final do enfrentamento, o povo indígena perdeu suas terras para o português que, por sua vez, parcelou a terra em lotes para a construção de fazendas de criação de gado. Por um período de aproximadamente 200 anos, foi assim que o local foi caracterizado: como região criadora de gado.

Independente de seu histórico de ocupação, Itaporanga só chegou a ser povoada com o surgimento da família Sá Souto Maior. Devota à Nossa Senhora da Ajuda, a família destinou um extenso pedaço de terra para a devoção da imagem da santa e distribuiu o restante para as famílias da população pobre da região. Foram essas famílias de baixo poder aquisitivo que, aos poucos, se instalaram e formaram o povoado de Itaporanga. No mesmo período a economia da cana-de-açúcar se desenvolveu a ponto de fazer o povoado ser elevado à categoria de freguesia. Após ser admitida como freguesia, a região lutou pela independência e ganhou o status de vila, que mais tarde evoluiu para cidade. Em pouco tempo seu nome recebeu o sobrenome D’Ajuda, com o intuito de diferenciá-la das demais cidades.

Com 33.713 habitantes (2016), hoje Itaporanga D’ajuda é uma cidade de grande diversidade cultural. Culinária, crenças, religião e festas típicas marcam a cultura da região. Como exemplos de comemoração religiosa estão o cortejo do dia de Nossa Senhora D’ajuda e a festa da padroeira, celebrações que recebem a presença de inúmeros turistas. Além disso, a própria igreja matriz em homenagem à santa é foco de atenção de turistas e historiadores do Estado.

Para os turistas, outro ponto de destaque da região é a Praia da Caueira, considerada a mais bela e tranquila de Sergipe. Limpa e ampla, a praia só quebra sua tranquilidade na semana do carnaval. E os visitantes que chegam na cidade, de início avistam o povoado ilha de Men de Sá, comunidade que conta com uma beleza ambiental afrodisíaca. O povoado, que vive da pesca e das plantações, é uma excelente opção para os interessados no turismo ecológico.

Fonte:

Prefeitura Municipal de Itaporanga D'ajuda

IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia Estatística

 

by The Cities

Mapa

Publicidade

The Cities

O The Cities é um Portal de conteúdo estruturado que atua de forma integrada na prestação de serviços de informações confiáveis, precisas e atualizadas nas áreas de economia, cultura, turismo, história, lazer, meio ambiente, saúde, urbanismo, poder público, cotidianos e gerais.

Informações

Como utilizar o Portal

Política de Privacidade

Aviso Legal

Quem Somos

Fale Conosco

Trabalhe conosco

Receba os conteúdos
do Portal The Cities:

Quero receber

© 2014 - 2020 The Cities Todos os direitos reservados

© 2014 - 2020 The Cities - Sua cidade em evidência. Todos os direitos reservados

aguarde, processando...