Publicidade

ARTIGO

Cidade de Pinheiro Preto

Pinheiro Preto cresceu ao longo da ferrovia e do rio, ocupando as terras no vale entre as montanhas. A cultura da uva tornou-se uma das principais atividades agrícolas, como uma das mais expressivas do país gerando uma forte fabricação de bons vinhos, espumantes e sucos naturais, todos de qualidade referencial. Atualmente, aproximadamente 50% do vinho catarinense é produzido pelas mais de 20 vinícolas instaladas. 

A Vinícola da Serra, é umas das mais visitadas pelos amantes de vinho, oferece visitação mostrando o processo de elaboração dos vinhos com a passagem subterrânea pelo túnel do tempo, espaço onde a história da família é contada através de telas, cave de envelhecimento, e degustação. 

Além dos vinhos de mesa e vinhos finos a empresa ainda produz: destilados, licores, doces, geleias, compotas, frutas cristalizadas e suco de uva. Tudo claro, com um toque caseiro no preparo de cada um deles. Parte da estrutura da Vinícola da Serra, o Parque do Imigrante Italiano, é um espaço temático que conta a história dos primeiros colonos que chegaram no município. 

Estes mesmos colonos se dedicaram ao cultivo de frutas de clima temperado, como a produção de pêssego, maçã e ameixa que também ajudam a movimentar a rota econômica da cidade. Os pomares propiciam belos cenários em todo o território do município. Suas ruas floridas e acidentadas remetem a uma vila italiana.

A cidade de Pinheiro Preto, surgiu em meados do século XX, quando acontecia a construção da Estrada de Ferro São Paulo ao Rio Grande, no mesmo momento acontecia um episódio inusitado na história do Brasil, o “Assalto ao Trem Pagador”, liderado pelo bandido Zeca Vacariano. Um dos principais cartões postais da região, é justamente um túnel aberto em meio a densa rocha, no local, uma cruz vela por colonos, operários, sertanejos e vários outros que perderam a vida na tragédia. 

Pinheiro Preto faz parte da chamada “Rota da Amizade”, junto com Treze Tílias, Joaçaba, Videira, Fraiburgo e Tangará, criando assim um roteiro de turismo rural, vitivinícola e de atrativos históricos e culturais.

O Túnel Ferroviário, é outro atrativo turístico com 62 metros de comprimento, construído através da perfuração de uma rocha pela Brazil Railway Company, em 1909. Fica a 2 km do centro do município, onde aconteceram diversas ameaças de invasão de terras e a estrada de ferro era a única passagem.

Destaque ainda para outros pontos turísticos que marcam a visitação no município,  como o Museu e Arquivo Histórico Pedro Lorenzzoni que guarda documentos, mobiliário e objetos das primeiras famílias a chegarem na localidade. E o Paiol do Nono, um espaço com instrumentos de trabalho e as primeiras pipas usadas na cidade, para a produção de vinho em homenagem aos primeiros colonizadores. 

Fonte:

Prefeitura Municipal de Pinheiro Preto

IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística


Autor: Ana Luiza Correa Pinto


Publicado em: 26/05/2019

by The Cities

Mapa

Publicidade

Publicidade

The Cities

O The Cities é um Portal de conteúdo estruturado que atua de forma integrada na prestação de serviços de informações confiáveis, precisas e atualizadas nas áreas de economia, cultura, turismo, história, lazer, meio ambiente, saúde, urbanismo, poder público, cotidianos e gerais.

Informações

Como utilizar o Portal

Política de Privacidade

Aviso Legal

Quem Somos

Fale Conosco

Trabalhe conosco

Receba os conteúdos
do Portal The Cities:

Quero receber

© 2014 - 2020 The Cities Todos os direitos reservados

© 2014 - 2020 The Cities - Sua cidade em evidência. Todos os direitos reservados

aguarde, processando...