Publicidade

ARTIGO

Cidade de Capão Alto

Colonizada por italianos e turcos no final do século XIX, a localidade nasceu como distrito de Lages e foi emancipada em 1994. Só começou a ser povoado por volta de 1899, quando as primeiras famílias de imigrantes, vieram do Rio Grande do Sul, no mesmo período em que bandeirantes paulistas, “gaúchos” e “lagunenses” começaram se instalar na região. Os novos moradores uniram-se aos nativos, de origem indígena chamados de “bugres”.

O Local servia de apoio às rotas de tropeiros que levavam tropas ao litoral ou para o sul, a cidade foi surgindo ao redor de uma capela transferida do antigo distrito de Campo Belo do Sul e cresceu por despertar interesse para atividades econômicas como a agropecuária e extração de madeira.

Até a chegada dos colonizadores italianos e turcos no século XVI, a região era habitada pelos índios “guaranis e caingangues”. O nome Capão Alto é oriundo de uma grande colina coberta por mata fechada e densa, que podia ser vista de longa distância pelos viajantes.

O município tem na agricultura e pecuária a base da sua economia. Produz maçã, milho, feijão, soja, hortaliças, gado leiteiro e de corte, além de aves e suínos. Sua área reflorestada é extensa, fornecendo matéria prima para a indústria madeireira e papeleira da região. A rica bacia hidrográfica do município favorece a pesca esportiva e a prática de esportes aquáticos.

Atualmente Capão Alto se caracteriza por ainda ter 80% dos seus aproximadamente 2.556 habitantes segundo dados do IBGE de 2018 residentes na área rural. Batizada com nome ligado à sua posição geográfica, o município guarda bons exemplares de antigas fazendas.

Tem forte tradição no artesanato a base de lãs e couros e conserva traços religiosos históricos, como a “Cerimônia da Recomenda das Almas”, celebrada na Semana Santa.

A cidade é repleta de pontos turísticos para se relaxar e aproveitar a o belo naturalismo do lugar, alguns pontos como a Fazendo Ciclone, por exemplo, oferecem passeios a cavalo, atividades campeiras, shows artísticos, pesca artesanal e banhos de cascata.

Destaca-se também a Fazenda Nossa Senhora de Lourdes, com 160 anos de existência, possui ampla biblioteca, com exemplares raros. Oferece passeios ecológicos a cavalo, caminhadas por bosques nativos, cascatas, açudes e lidas campeiras. A construção original em madeira é um tributo à valorização do estilo colonial antigo e às tradições.

Fonte:

Prefeitura Muncipal de Capão Alto

IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística


Autor: Ana Luiza Correa Pinto


Publicado em: 07/04/2019

by The Cities

Mapa

Publicidade

Publicidade

The Cities

O The Cities é um Portal de conteúdo estruturado que atua de forma integrada na prestação de serviços de informações confiáveis, precisas e atualizadas nas áreas de economia, cultura, turismo, história, lazer, meio ambiente, saúde, urbanismo, poder público, cotidianos e gerais.

Informações

Como utilizar o Portal

Política de Privacidade

Aviso Legal

Quem Somos

Fale Conosco

Trabalhe conosco

Receba os conteúdos
do Portal The Cities:

Quero receber

© 2014 - 2020 The Cities Todos os direitos reservados

© 2014 - 2020 The Cities - Sua cidade em evidência. Todos os direitos reservados

aguarde, processando...