Publicidade

ARTIGO

Cidade de Jaguariúna

Os povos ameríndios foram os primeiros a chegarem na região de Jaguariúna, em todo o continente americano. A partir do século XVII, a região passou a ser frequentada por bandeirantes a caminho de Goiás e Mato Grosso, provenientes de São Paulo. Na mesma época, começou a ser plantada cana-de-açúcar na região. Os canaviais cederam lugar às plantações de café, no século XIX. 

O Teatro Municipal Dona Zenaide serve como referência para região, a Biblioteca Municipal e a Casa da Memória Padre Gomes são lugares que resgatam e guardam toda a história e a memória da cidade.

Atualmente, também é conhecida nos quatro cantos do país como a “Capital do Cavalo”, pelo grande número de haras existentes na cidade e por realizar há 25 anos o Jaguariúna Rodeo Festival. Além de ter seu nome seu nome inscrito no mapa do Circuito Nacional de Rodeios, Jaguariúna também integra o Consórcio Intermunicipal do Polo Turístico do Circuito das Águas Paulista e o Circuito Turístico Tecnologia.

Entre as atrações turísticas de Jaguariúna, o passeio de maria-fumaça é um dos mais tradicionais e disputados. É realizado na legítima locomotiva da Cia. Mogiana, fabricada em 1952. O trajeto percorre as cidades de Jaguariúna a Campinas, passando pelas antigas estações de Anhumas, Pedro Américo, Tanquinho, Desembargador Furtado e Carlos Gomes. Além do passeio, é possível conhecer, a estação de Jaguariúna conhecida como "Estrela da Mogiana”, o Museu Ferroviário, com peças e fotos sobre a história e tradição das locomotivas na região.

Maria Fumaça é titulada o ícone da cidade, uma autêntica ferrovia do século XIX. Turistas de todas as partes do Brasil e do mundo vêm até Jaguariúna para fazer o passeio, que conta com monitores para narrar a história do trem, do café e ainda sobre a vida na época dos barões. É uma ótima opção de lazer para as crianças e também para os mais velhos que chegaram a viver a época da Maria Fumaça e dos trens no Brasil. Em seguida, o passeio segue pra cidade de Jaguariúna onde há um museu e outros pontos para tirar fotos com as roupas da época.

Jaguariúna ainda conta ainda com mais de 20 praças, fazendas, além de dez parques, entre eles, o Parque dos Lagos, formado por três lagos povoados de peixes, jardim japonês, playground, árvores, flores e um estilo arquitetônico diferenciado que fazem do Parque um local bucólico e agradável.

Para os amantes de esportes ou de aventura na água, o Naga Cable Park é conhecido pela a radical “pista de skate sobre a água”. Com um lago de águas de nascentes naturais, o lugar possui a primeira e maior prática de wakeboard da América Latina, além de esportes aquáticos como wakeskate, kneeboard, esqui aquático e um circuito flutuante para brincar, nadar e se aventurar.

Fonte:

Prefeitura Municipal de Jaguariúna

IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística


Autor: Ana Luiza Correa Pinto


Publicado em: 11/05/2019

by The Cities

Mapa

Publicidade

Publicidade

The Cities

O The Cities é um Portal de conteúdo estruturado que atua de forma integrada na prestação de serviços de informações confiáveis, precisas e atualizadas nas áreas de economia, cultura, turismo, história, lazer, meio ambiente, saúde, urbanismo, poder público, cotidianos e gerais.

Informações

Como utilizar o Portal

Política de Privacidade

Aviso Legal

Quem Somos

Fale Conosco

Trabalhe conosco

Receba os conteúdos
do Portal The Cities:

Quero receber

© 2014 - 2020 The Cities Todos os direitos reservados

© 2014 - 2020 The Cities - Sua cidade em evidência. Todos os direitos reservados

aguarde, processando...