Publicidade

ARTIGO

Energia no Paraná

A energia que move o estado do Paraná é proveniente do trabalho da Companhia Paranaense de Energia (Copel), pela Gerasul e pela Usina Binacional de Itaipu. Juntas, essas instituições possuem uma capacidade de 24.468 MW, potência que deixa o Estado na frente das outras unidades federativas.

Contudo, é a Copel que explora o serviço de geração, distribuição e comercialização de energia em 393 municípios da região, ou seja, quase todo o Paraná. Sua média de novas ligações a cada ano é cerca de 70 mil, atendendo praticamente 100% dos domicílios nas áreas urbanas e de 90% nas regiões rurais.

A companhia, que foi criada em 1954, é a maior empresa do Estado, atuando com tecnologia de ponta e operando um abrangente sistema elétrico com parque gerador próprio de usinas, linhas de transmissão, subestações, linhas e redes elétricas do sistema de distribuição.

Seu controle acionário pertence à iniciativa pública, entretanto, seu capital foi aberto ao mercado de ações em 1994 (Bovespa), e, em 1997, tornou-se a primeira companhia do setor elétrico brasileiro listada na bolsa de valores de Nova Iorque. O atendimento da Copel beneficia mais de a 3,6 milhões de unidades consumidoras em 393 municípios e 1.109 localidades (distritos, vilas e povoados) paranaenses. Nesse contexto, estão incluídos 2,8 milhões de lares, 66 mil indústrias, 300 mil estabelecimentos comerciais e 352 mil propriedades rurais. Seu quadro de pessoal é integrado por 8,5 mil funcionários.

A estrutura do serviço de energia no Paraná, fornecido pela Copel, compreende a operação de um parque gerador próprio composto por 18 usinas, sendo 17 delas hidrelétricas, cuja potência instalada totaliza 4.550 MW e que responde pela produção de algo como 7% de toda eletricidade consumida no Brasil. Além disso, 15 dessas usinas são automatizadas e comandadas à distância. Complementando o parque, opera um sistema de transmissão que totaliza 1.942 km de linhas e 30 subestações, somando 10,3 mil MVA de potência de transformação. Seu sistema de distribuição possui 348 subestações, e 179.351 km de linhas e redes até 230 kV, o suficiente para dar quatro voltas em torno da Terra pela linha do equador.

Atualmente, as usinas, linhas de transmissão e de distribuição do Paraná, oferecem qualidade de vida para sua população e Estados vizinhos. Além de sua potência abundante, o sistema de energia elétrica do Estado destaca-se por oferecer a menor tarifa de iluminação residencial do Brasil.

Fonte: Copel-Companhia Paranaense de Energia

by The Cities

Pesquisar por

ARTIGOS RELACIONADOS

Planejamento Urbano

O planejamento urbano no Paraná é desenvolvido através de diversas iniciativas entre as quais está o Programa Paraná Urbano, que subsidia ...

Saneamento básico

No Estado do Paraná, o serviço de saneamento básico é fornecido pela Companhia de Saneamento do Paraná, a Sanepar, que foi criada pela ...

Urbanismo no Paraná

As ações de urbanismo realizadas no Estado do Paraná são representadas pelos programas habitacionais, a pavimentação das estradas, pela ...

Pesquisar por

Publicidade

Publicidade

The Cities

O The Cities é um Portal de conteúdo estruturado que atua de forma integrada na prestação de serviços de informações confiáveis, precisas e atualizadas nas áreas de economia, cultura, turismo, história, lazer, meio ambiente, saúde, urbanismo, poder público, cotidianos e gerais.

Informações

Como utilizar o Portal

Política de Privacidade

Aviso Legal

Quem Somos

Fale Conosco

Trabalhe conosco

Receba os conteúdos
do Portal The Cities:

Quero receber

© 2014 - 2019 The Cities Todos os direitos reservados

© 2014 - 2019 The Cities - Sua cidade em evidência. Todos os direitos reservados

aguarde, processando...