Publicidade

ARTIGO

Deputado Caito Quintana

Luiz Carlos Caito Quintana, filho de Daindo Bueno Quintana e Nadir Terezinha Fucillini Quintana, nasceu em Santo Augusto (RS) em 30 de julho de 1946. É bacharel em Direito pela Faculdade de Ciências jurídicas de Santo Angelo (RS). Em meados de 1966, transferiu-se para o Sudoeste do Paraná, onde foi, durante alguns anos Tabelião. Casado com Lindomar Solange Stadler Quintana, iniciou a carreira pública como vereador em Planalto (PR). Foi presidente da Câmara Municipal e da Associação de vereadores do Sudoeste do Paraná antes de eleger-se deputado estadual, em 1982, com mais de 30 mil votos. No exercício do primeiro mandato integrou as Comissões de Constituição e Justiça, Educação, Terras e Colonização, além de ocupar uma das vice-lideranças da bancada do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) na Assembleia Legislativa. Em 1985 foi escolhido líder do partido e do governo na Casa. No ano seguinte reelegeu-se e foi reconduzido a liderança do PMDB novamente.

Em 1989 atuou como relator da Constituinte estadual e em abril de 1990 voltou a ocupar a liderança do partido e do governo. Reeleito novamente para a Assembleia nas eleições de 90, assumiu a chefia da Casa Civil na primeira gestão de Roberto Requião como governador. Disputou as eleições de 1994 e retornou à Assembleia, onde presidiu a CPI dos Bingos, criou a Comissão Especial do Mercosul, apresentou um grande número de projetos e empenhou-se em causas como a reabertura da Estrada do Colono, a construção da ponte internacional ligando Capanema à Argentina e o pagamento de royalties ao Paraná por terras inundadas pela construção de hidrelétricas. Produziu trabalhos como "Querem afogar o Paraná", um levantamento sobre a construção de hidrelétricas no Estado; "Navegar é preciso", dossiê sobre a viabilidade econômica da estrada de ferro ligando o Paraná, Mato Grosso do Sul, noroeste de Santa Catarina, Mato Grosso e Rondônia com o Paraguai e a Argentina.

Sempre com o intuito de defender os interesses da população, Caito teve editadas as seguintes obras: "Querem Afogar o Paraná", levantamento denúncia sobre hidrelétricas construídas em solo paranaense; "Negociar é Preciso", pronunciamento sobre a dívida externa brasileira; "Ferrovia da Produção", dossiê de estudos sobre a viabilidade econômicas da estrada de ferro ligando os Estados do Paraná, Mato Grosso do Sul, noroeste de Santa Catarina, Mato Grosso e Rondônia, com o Paraguai e Argentina; "Informações úteis sobre o Mercosul", um resumo do que é e como funciona o Mercosul. A área de representação política de Caito Quintana engloba 75 municípios do Paraná, desde o Sudoeste e Oeste, Norte, bem como do Norte Pioneiro e litoral paranaense. Tem desenvolvido um intenso trabalho de defesa dos interesses dos municípios, o que lhe valeu um grande número de títulos de Cidadania Honorária, além de outras homenagens como o Troféu Imprensa do Paraná e a medalha de Honra ao Mérito do Conselho Superior do Ministério Público. Também se destaca como defensor das tradições do Rio Grande do Sul.

Em 1999, concluiu os trabalhos de revisão da Constituição Estadual, da qual foi relator em 1988, e elegeu-se 2º vice-presidente da Assembleia Legislativa, ascendendo a 1ª vice-presidência alguns meses depois, em função de nova eleição da Mesa, determinada pela morte do então presidente da Casa, deputado Aníbal Curi. No final do ano, durante uma viagem do deputado Nelson Justus, assumiu a presidência da Casa por 15 dias.

Em 2001, empenhou-se de corpo e alma na luta contra a privatização da Copel e em 2002 assumiu as funções de corregedor geral da Assembleia Legislativa, que acumulou com o cargo de revisor da Constituição estadual. Vice-presidente do PMDB regional, reelegeu-se deputado estadual em outubro de 2002 e foi convocado pelo governador Roberto Requião para ocupar, uma vez mais, a chefia da Casa Civil. Atualmente, Caito Quintana, voltou para a Assembleia Legislativa do Paraná. Foi mais uma vez reeleito, no dia 03 de outubro de 2006, Deputado Estadual pelo PMDB, obtendo a terceira maior votação do Estado. É vice-presidente da CCJ na Assembleia Legislativa do Paraná e membro ativo do PARLASUL (Parlamento do Sul e incansável batalhador das causas do MERCOSUL). No PMDB Nacional exerce a função de Tesoureiro-Adjunto do partido.

Fonte: Portal online Assembleia Legislativa do Paraná

by The Cities

Publicidade

Publicidade

The Cities

O The Cities é um Portal de conteúdo estruturado que atua de forma integrada na prestação de serviços de informações confiáveis, precisas e atualizadas nas áreas de economia, cultura, turismo, história, lazer, meio ambiente, saúde, urbanismo, poder público, cotidianos e gerais.

Informações

Como utilizar o Portal

Política de Privacidade

Aviso Legal

Quem Somos

Fale Conosco

Trabalhe conosco

Receba os conteúdos
do Portal The Cities:

Quero receber

© 2014 - 2019 The Cities Todos os direitos reservados

© 2014 - 2019 The Cities - Sua cidade em evidência. Todos os direitos reservados

aguarde, processando...