Publicidade

ARTIGO

Cidade de Mercedes

Mercedes, localizada no oeste do Estado do Paraná, é um dos municípios que está às margens do Lago de Itaipu e, por essa razão, é conhecido como um município lindeiro. Faz divisa ao Norte com os municípios de Guaíra, Terra Roxa e Nova Santa Rosa; ao Sul, Leste e Sudoeste com o município de Marechal Cândido Rondon e, a Oeste, com o Paraguai. Com 5.437 habitantes (2016), possui área de aproximadamente 200 Km², estando a 408 metros de altitude e a cerca de 606 Km de distância da capital, Curitiba.

A região começou a ser povoada através da empresa Colonizadora Rio Paraná S.A. - Maripá, que, a partir de 1946, instalou-se no município de Toledo e começou a colonizar a antiga Fazenda Britânia. A ocupação do espaço, onde hoje se localiza Mercedes, ganhou forças no ano de 1952, juntamente com a Vila de General Rondon, atual Marechal Cândido Rondon, ambas pertencentes ao município de Toledo. Quando o município de Marechal Cândido Rondon foi criado, em 1960, Mercedes passou a ser uma de suas vilas, até que, em 1962, tornou-se um distrito daquela cidade. A emancipação político-administrativa de Mercedes ocorreu em 1990, quando, por intermédio de um plebiscito, a população optou pela autonomia municipal, que foi somente implantada em 1º de janeiro de 1993.

Mercedes foi colonizada, principalmente, por migrantes de ascendência europeia provenientes do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina, que chagaram na cidade em busca de melhores condições de vida. Eles vieram motivados pela propaganda de que o oeste do Paraná era um local de terras férteis e bom para se viver. Outros que se tornaram importantes na colonização do local, em um segundo momento, foram os grupos saídos do Norte e Nordeste do país.

Na economia de Mercedes destaca-se a agricultura, principalmente o cultivo de soja, trigo, mandioca e milho. Outras indústrias, como a de leite e derivados, de confecção e de plantas medicinais, também são importantes para o município. Além disso, por apresentar aproximadamente 19 Km² de suas áreas alagadas pelo Lago Itaipu, a cidade recebe da usina royalties, como forma de compensar pela área perdida. O lago também auxilia no desenvolvimento turístico da cidade, já que o Arroio Guaçu é um dos melhores pontos de pesca na região e atrai não só moradores, mas também muitos visitantes apaixonados por pesca.

Um dos eventos típicos da cidade e que promove a interação, tanto da comunidade quanto dos turistas, é a Festa do Costelão Recheado, um prato típico que é encontrado em muitos restaurantes da cidade. Além do costelão, o café colonial também faz parte deste evento e, junto a esses atrativos gastronômicos, há ainda apresentações de grupos folclóricos, feira do comércio e artesanato, baile com bandas, entre outras atratividades.

Fonte:

Prefeitura Municipal de Mercedes

Caminhos Lago de Itaipu

IBGE

IPARDES

by The Cities

Mapa

Publicidade

Publicidade

The Cities

O The Cities é um Portal de conteúdo estruturado que atua de forma integrada na prestação de serviços de informações confiáveis, precisas e atualizadas nas áreas de economia, cultura, turismo, história, lazer, meio ambiente, saúde, urbanismo, poder público, cotidianos e gerais.

Informações

Como utilizar o Portal

Política de Privacidade

Aviso Legal

Quem Somos

Fale Conosco

Trabalhe conosco

Receba os conteúdos
do Portal The Cities:

Quero receber

© 2014 - 2019 The Cities Todos os direitos reservados

© 2014 - 2019 The Cities - Sua cidade em evidência. Todos os direitos reservados

aguarde, processando...