Publicidade

ARTIGO

Preservação da Fauna e Flora

Curitiba, preocupada em manter suas áreas verdes, busca constantemente criar um equilíbrio entre o ambiente urbano e a natureza. Por isso, é comum encontrar árvores, flores e plantas em praças, ruas e terminais de ônibus da capital paranaense.

Um exemplo de iniciativa recente de preservação ambiental foi o Decreto 921/2001, que declarou imune de corte 21 espécies de árvores do município de Curitiba, ficando sob a proteção municipal árvores como a Araucária, o Angico Branco, a Castanheira, a Oliveira e o Ipê. Outro exemplo de preservação ambiental é o Bosque Capão da Imbuia, localizado no bairro de mesmo nome e que abriga uma série de espécies de fauna e flora em uma área total de cerca de 42 mil m². Lá pode-se caminhar pela área verde e conhecer algumas árvores centenárias que estão preservadas no local, como a Imbuia. No mesmo local está o Museu de História Natural, onde são desenvolvidas pesquisas na área de zoologia e botânica, além de exposições permanentes, como a de exemplares de animais empalhados.

Outro ponto que merece destaque na preservação ambiental em Curitiba é o Jardim Zoológico de Curitiba. No zoológico são desenvolvidos diversos projetos voltados à reprodução em cativeiro de animais ameaçados de extinção. É um dos maiores do país, com aproximadamente 530 mil m² de mata nativa, e abriga inúmeras espécies da fauna de diversos lugares do planeta. O zoológico está inserido no Parque do Iguaçu.

Curitiba tem também uma espécie de zoológico urbano, o Passeio Público, localizado ao centro da cidade. Inclusive, esse foi o primeiro zoológico de Curitiba e, mesmo não sendo mais a sede oficial, abriga várias espécies de animais em cativeiro.

Outro cartão postal de Curitiba e local de preservação da natureza é o Jardim Botânico. Com 178 mil m² de área, possui jardins geométricos com grande variedade de flores, um velódromo, além de uma estufa com três abóbadas. No mesmo espaço está localizado o Museu Botânico, abrigando um herbário com cerca de 310 mil plantas diferentes, realizando diversos estudos sobre a flora nacional, além de organizar exposições e desenvolver programas de Educação Ambiental.

Em meio a esses locais de preservação e formação de consciência ambiental, também podem ser vistos exemplares comuns da fauna e da flora curitibana. Como exemplo de flora local, está o pinheiro do Paraná, mais conhecido como araucária, sendo a árvore típica na região e que deu nome à cidade. Quanto à fauna, está a Gralha-azul, o Serelepe e a Cutia. Outro animal comum na região e que pode ser visto solto em diversos parques de Curitiba é a Capivara.

Fonte: Portal Online da Prefeitura Municipal de Curitiba.

by The Cities

ARTIGOS RELACIONADOS

Espécies da Fauna Local

Curitiba e região possuem grande diversidade de fauna. Animais como a capivara, a gralha-azul, o serelepe e a cutia são símbolos da fauna na ...

Espécies da Flora Local

Curitiba era coberta por capões onde eram verificadas numerosas quantidades de araucárias, cedros, imbuias e bracatingas. Com o passar dos anos, ...

Publicidade

Publicidade

The Cities

O The Cities é um Portal de conteúdo estruturado que atua de forma integrada na prestação de serviços de informações confiáveis, precisas e atualizadas nas áreas de economia, cultura, turismo, história, lazer, meio ambiente, saúde, urbanismo, poder público, cotidianos e gerais.

Informações

Como utilizar o Portal

Política de Privacidade

Aviso Legal

Quem Somos

Fale Conosco

Trabalhe conosco

Receba os conteúdos
do Portal The Cities:

Quero receber

© 2014 - 2019 The Cities Todos os direitos reservados

© 2014 - 2019 The Cities - Sua cidade em evidência. Todos os direitos reservados

aguarde, processando...