Publicidade

ARTIGO

Comércio Exterior de Curitiba

Curitiba é um dos municípios brasileiros que se posicionam como destaque em termos de assuntos internacionais. Quarto lugar no ranking das capitais brasileiras que mais exportaram em 2008, a capital paranaense possui relações comerciais e diplomáticas com países de várias regiões do mundo. Além disso, é beneficiada por uma posição geográfica favorável, o que lhe torna um potencial polo estratégico para empresas exportadoras.

Cidade-membro da Rede Mercocidades, organização que reúne cidades pertencentes aos países que compõem o Mercosul e que busca promover a integração em aspectos como o econômico, tecnológico e cultural, Curitiba possui ainda doze cidades-irmãs espalhadas pelo mundo. Essa política de cidades-irmãs tem como objetivo aumentar a relações entre cidades que possuem algo em comum, favorecendo a troca de informações e aumento do comércio entre elas. Até 2009, as cidades-irmãs de Curitiba eram: Assunção (Paraguai), Coimbra (Portugal), Cracóvia (Polônia), Guadalajara (México), Hangzhou (China), Himeji (Japão), Lyon (França), Montevidéu (Uruguai), Orlando (Estados Unidos), Santa Cruz de La Sierra (Bolívia), Suwon (Coréia do Sul) e Treviso (Itália).

Além disso, Curitiba conta com a presença de várias representações estrangeiras em seu território. No total, são 34 consulados, dos quais 8 são oficiais (Argentina, El Salvador, Itália, Japão, Paraguai, Polônia, Ucrânia e Uruguai) e 26 são honorários, entre eles a Alemanha, Áustria, Dinamarca, Espanha, Filipinas, Grécia e Holanda.

Em termos comerciais, Curitiba abriga 26 Câmaras de Comércio e está entre as capitais brasileiras que mais exportam no país. No entanto, apesar dessa posição privilegiada, o município vem apresentando um aumento das importações em relação às suas exportações. Assim ocorreu, por exemplo, de 2006 a 2008, segundo dados divulgados em 2009 pela Agência Curitiba de Desenvolvimento. Nessas trocas comerciais, Alemanha, Argentina e Estados Unidos são os países que mais compram os produtos curitibanos, respondendo sozinhos por cerca de 38% de suas exportações. Da China, Alemanha, Estados Unidos e Suécia chegam a maior parte dos produtos comprados pelo município. Juntos esses países são responsáveis por aproximadamente 50% das importações curitibanas.

Sobre a relação com o Mercosul, Curitiba é beneficiada por uma localização geográfica favorável, situando-se a um raio máximo de 1.800 km das capitais dos países membros. Por tal proximidade e pelo fácil acesso a essa região econômica (possível pela malha rodoviária, ferrovias e aeroportos), Curitiba tem se posicionado como um potencial polo estratégico para empresas exportadoras que visam ampliar seus mercados.

Por fim, além do comércio exterior, outra área que tem fortalecido as relações internacionais no município é o turismo de negócios. Segundo o ranking da ICCA (International Congress and Convention Association), Curitiba ficou entre as 10 cidades brasileiras que mais receberam eventos internacionais em 2007.

Fonte: Agência Curitiba de Desenvolvimento S/A. Informações

Socioeconômicas - Guia do Investidor. 2 ed. Curitiba, 2009.

by The Cities

Publicidade

Publicidade

The Cities

O The Cities é um Portal de conteúdo estruturado que atua de forma integrada na prestação de serviços de informações confiáveis, precisas e atualizadas nas áreas de economia, cultura, turismo, história, lazer, meio ambiente, saúde, urbanismo, poder público, cotidianos e gerais.

Informações

Como utilizar o Portal

Política de Privacidade

Aviso Legal

Quem Somos

Fale Conosco

Trabalhe conosco

Receba os conteúdos
do Portal The Cities:

Quero receber

© 2014 - 2019 The Cities Todos os direitos reservados

© 2014 - 2019 The Cities - Sua cidade em evidência. Todos os direitos reservados

aguarde, processando...