Publicidade

ARTIGO

Cidade de Coronel Vivida

O antigo povoado de Barro Preto, atual cidade de Coronel Vivida, teve início a partir das bandeiras que buscavam desbravar a região dos Campos de Palmas, saindo de Curitiba e Guarapuava. Colonizada principalmente por bandeirantes e italianos ao final do século XIX, a localidade recebeu essa nova denominação em homenagem ao coronel Firmino Batista Teixeira, apelidado de “Vivida” por sua mãe quando criança, e que foi um importante político coronel-vividense. Ex-distrito de Chopinzinho e Mangueirinha, o município conquistou sua emancipação em novembro de 1954, sendo instalado em 14 de dezembro de 1955.

Cidade com clima subtropical úmido mesotérmico, com verões chuvosos e invernos de médias inferiores a 18°C, Coronel Vivida está localizada na região Sudoeste do Estado do Paraná. Em seu último censo, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) estimou para 2016 uma população de 21,7 mil habitantes em uma área aproximada de 684 km².

Na economia, o setor de serviços destaca-se com 66 de participação no Produto Interno Bruto (PIB) municipal. Em seguida, estão os produtos de origem agropecuária como milho, soja, pastagens e forragens. Na indústria, as fábricas predominantes são as madeireiras, metalúrgicas e de produtos alimentares. 

Conhecido como a “Capital do Ecoturismo do Sudoeste do Paraná”, o município possui em seu território mais de 90 quedas dágua com alturas entre 30 e 60 metros, muito procuradas também para a prática do turismo de aventura. Entre essas estão as cachoeiras Bergamaski, Giordani, São Braz, Salto da Alemoa, entre outras. Ainda no segmento do ecoturismo encontram-se os parques Ecológico Municipal Barro Preto, com mais de 102 mil m² de área, e o Municipal Flor da Serra, com cachoeira, bosque e trilhas.

Outros atrativos turísticos importantes em Coronel Vivida são a Cratera de Vista Alegre, com 9,5 km de diâmetro; a gruta Nossa Senhora Aparecida; a Igreja da Palmeirinha, no local onde o município foi instalado; e o Centro Cultural Professor Benedito Rakowski. Além disso, são realizados anualmente diversos festejos de cunho religioso ou de negócios e eventos, a exemplo do Jantar do Cabrito, do Festival de Interpretação de Música Popular e Sertaneja (FEIN), o Rodeio Interestadual, o Festival Gastronômico, a festa de São Cristóvão e a em homenagem ao padroeiro municipal, São Roque. Fora as tradicionais romarias do Divino Espírito Santo, do Limeira e de Nossa Senhora da Saúde.

Fonte:

Prefeitura Municipal de Coronel Vivida

IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

CNM – Confederação Nacional de Municípios

SEEC – Secretaria Estadual da Cultura do Paraná. Projeto Paraná da Gente

by The Cities

Mapa

Publicidade

Publicidade

The Cities

O The Cities é um Portal de conteúdo estruturado que atua de forma integrada na prestação de serviços de informações confiáveis, precisas e atualizadas nas áreas de economia, cultura, turismo, história, lazer, meio ambiente, saúde, urbanismo, poder público, cotidianos e gerais.

Informações

Como utilizar o Portal

Política de Privacidade

Aviso Legal

Quem Somos

Fale Conosco

Trabalhe conosco

Receba os conteúdos
do Portal The Cities:

Quero receber

© 2014 - 2019 The Cities Todos os direitos reservados

© 2014 - 2019 The Cities - Sua cidade em evidência. Todos os direitos reservados

aguarde, processando...