Publicidade

ARTIGO

Principais atrativos turísticos

O turismo de Campina Grande do Sul caracteriza-se em turismo de lazer, rural, de aventura e ecoturismo. Por conta disso, seus principais atrativos são morros, montanhas, rios e parques, vistados por amantes de esportes de aventura e náuticos ou pessoas que simplesmente buscam um maior contato com a natureza.

Dentre as montanhas e morros mais visitados por alpinistas ou praticantes de trekking está o Morro Caratuva, localizado na Serra Ibitiraquire. Com aproximadamente 1.850 metros, leva esse nome devido à vegetação característica do local. É a segunda montanha em altitude do sul do país, ficando abaixo apenas do Pico Paraná. Seu acesso é feito pela Rodovia BR-116, km 42 e, posteriormente, pela estrada vicinal do Saltinho (06 km de estrada de chão) até uma propriedade particular, onde inicia-se a caminhada.

A Serra do Capivari também pode ser acessada através de Campina Grande do Sul. Ela comporta cinco montanhas, sendo: Capivari Grande (1.621 m), Capivari Médio (1.619 m), Capivari Mirim (1.552 m), Capivari IV (1.482 m) e Morro da Pedra (1.321 m). O acesso às montanhas pode ser feito pela Rodovia BR-116. A trilha mais utilizada é a que leva ao Capivari Grande, já que a que possui o traçado mais definido, devido ao maior fluxo de passantes.

O Morro do Ribeirão Grande, também localizado na Serra Ibitiraquire, tem 1.500 metros de altitude. A estrada que leva ao morro é asfaltada até boa parte do caminho, facilitando a chegada ao cume. No morro é possível praticar asa delta, tanto pela facilidade do transporte dos equipamentos, quanto pelos ventos fortes e relevo peculiar do entorno, que possibilitam uma decolagem favorável e um pouso seguro.

Os atrativos hídricos são representados pelos Rios Capivari, Rio Taquari e Rio Faxinal. O Rio Capivari está localizado ao norte de Campina Grande do Sul, a 9 Km do centro da cidade. Ele é o divisor entre os municípios de Campina Grande do Sul e Bocaiúva do Sul. Apesar de sua nascente estar em Colombo, é considerado um rio de Campina Grande do Sul, uma vez que corta o município de ponta a ponta. É um dos principais rios da localidade e um dos formadores da Represa do Capivari-Cachoeira. Tem como afluentes o Rio Taquari, o Rio Tucunduva, o Rio Marmeleiro, entre outros.

O Rio Taquari está localizado a 22 km da sede do município. Sua nascente encontra-se na Serra Ibitiraquire e tem como afluentes o Rio Bonito e o Rio Corvo. Apresenta águas límpidas e muitas corredeiras, mas grande parte do seu percurso é repleto de rochas.

Já o Rio Faxinal está localizado na divisa do Paraná com o Estado de São Paulo. Tem como seus afluentes o Rio Butuca, o Rio Coqueiro, o Rio Trindade, o Rio do Cedro e deságua no Rio Pardinho, que faz divisa do município de Campina Grande do Sul e Barra do Turvo (São Paulo).

A Represa Capivari–Cachoeira, localizada às margens da BR-116, a 30 km da sede da cidade, constitui-se atualmente em um dos principais atrativos turísticos do município. Possui 1500 hectares e um volume de 150 milhões de metros cúbicos de água. É formada pelas águas represadas dos rios que lhe oferecem o nome, além dos rios Rio Ribeirão Grande, Lapinha e Taquari (na margem direita) e Rio Marrecas e Rio dos Patos (na margem esquerda). A Represa do Capivari–Cachoeira atrai vários visitantes e moradores locais adeptos à atividade náutica e pesqueira, já que o local conta com inúmeras espécies de peixes entre tilápia, cará, lambari e carpa.

Dentre os saltos e cachoeiras, pode-se citar a Cachoeira Ribeirão Vermelho, localizada na área rural de Campina Grande do Sul, que pode ser acessada através da BR-116. Da rodovia até a cachoeira levam-se aproximadamente duas horas de caminhada por uma trilha considerada de nível médio, mas com pouca manutenção. A cachoeira encontra-se em uma propriedade particular e seu acesso é permitido, porém, para visitação, deve-se entrar em contato com o proprietário com antecedência.

A Cachoeira do Jaguatirica, localizada na região de mesmo nome, tem o acesso considerado fácil. Está em uma propriedade particular chamada Dona Tita e, para visitação, deve-se comunicar a proprietária com antecedência.

A Cachoeira da Barragem encontra-se na localidade homônima, Km 36, próxima à usina Hidrelétrica Parigot de Souza . Suas águas deságuam na Represa do Capivari–Cachoeira. Com acesso bastante fácil, devido à proximidade com a BR-116, sua trilha é constantemente frequentada por moradores locais e pescadores que chegam à Represa.

Por fim, o Parque Estadual Pico Paraná, criado em 2002, abriga a maior formação rochosa do sul do país, o Pico Paraná, com 1.877 metros, além do pico Ibitirati (1.877 m), o Ciririca e o Agudo da Cotia. Com mais de 4 mil hectares, o parque faz parte do conjunto de montanhas que compõe a Serra do Mar. Além do intenso contato com a natureza e paisagens belíssimas, o local também permite ao visitante a prática de escalada e trekking.

Fonte: Inventário turístico da Prefeitura Municipal de Campina Grande do Sul

by The Cities

Publicidade

Publicidade

The Cities

O The Cities é um Portal de conteúdo estruturado que atua de forma integrada na prestação de serviços de informações confiáveis, precisas e atualizadas nas áreas de economia, cultura, turismo, história, lazer, meio ambiente, saúde, urbanismo, poder público, cotidianos e gerais.

Informações

Como utilizar o Portal

Política de Privacidade

Aviso Legal

Quem Somos

Fale Conosco

Trabalhe conosco

Receba os conteúdos
do Portal The Cities:

Quero receber

© 2014 - 2020 The Cities Todos os direitos reservados

© 2014 - 2020 The Cities - Sua cidade em evidência. Todos os direitos reservados

aguarde, processando...