Publicidade

ARTIGO

Estado do Pará

O estado do Pará é o segundo maior do país, contendo 1.247.689 Km² de extensão e densidade populacional de aproximadamente 6 habitantes por Km². Situado no norte do Brasil, o estado possui 143 municípios e aproximadamente 7.431.020 habitantes, o que faz dele o mais populoso da região. Sua localização faz limites com o Suriname e o Amapá ao Norte, o oceano Atlântico ao Nordeste, o Maranhão ao Leste, Tocantins ao Sudeste, Mato Grosso ao Sul, o Amazonas ao Oeste e Roraima e a Guiana ao Noroeste.

O impulso militar trouxe os portugueses ao Pará, em 1616, o que aconteceu por causa de um projeto político ambicioso de conquista do vale amazônico associado a exploração da biodiversidade local. As chamadas drogas do sertão eram especiarias ocidentais de alto valor no mercado europeu.

A fundação de Belém, em 16 de janeiro de 1616, foi o primeiro passo desse projeto de conquista territorial. O processo foi contínuo e tenso, pois a ocupação do território aconteceu com massacres e escravização das populações indígenas, e confronto bélico com outras potências européias que possuíam feitorias na Amazônia. Aos poucos, através de expedições militares, novas regiões foram anexadas ao território.

Atualmente, a economia do Pará está baseada no extrativismo mineral (ferro, bauxita, manganês, calcário, ouro, estanho) e vegetal (madeira), na agricultura, na pecuária, na indústria e no turismo. O setor preponderante na região sudeste do estado é a mineração, sendo Parauapebas a principal cidade produtora. Já as atividades de pecuária, que possuem um rebanho calculado em mais de 14 milhões de cabeças de bovinos, estão concentradas no sudeste, e a agricultura é mais intensa no nordeste.

O Pará é o maior produtor de pimenta-do-reino do Brasil e está entre os primeiros na produção de coco e banana. Contudo, a indústria destaca-se no setor madeireiro, concentrando suas atividades na região metropolitana de Belém.

O povo paraense convive com a diversidade étnica desde o início da formação do estado. Entre seus 7,4 milhões de habitantes estão indígenas, negros, brancos, ribeirinhos e asiáticos, sendo 34% vivendo no campo, e 66% nas cidades. O Pará sofreu muitas influências de imigrantes portugueses, espanhóis, italianos, japoneses e africanos, entretanto, existem ainda na localidade 298 povoações indígenas com mais de 27 mil índios, de acordo com a Fundação Nacional do Índio, FUNAI.

O artesanato, composto por peças inspiradas nessas milenares civilizações e as jóias produzidas com matérias-primas encontradas na própria natureza, é a marca registrada da cultura na região. As danças típicas, como o carimbó e o lundu, compõem esse cenário, registrando a identidade do povo. São realizadas nas comunidades apresentações culturais que eternizam as lendas do Uirapuru e do Boto.

Um dos principais atrativos turísticos do Pará é a culinária típica, que tem fortes influências indígenas com alguns traços portugueses e africanos. A gastronomia local é considerada uma das culinárias mais brasileiras do país. Os elementos encontrados na região da Amazônia formam a base de seus pratos, com o acréscimo do camarão, caranguejo, pato e dos peixes, todos temperados com folhas e frutas nativas. Os pratos mais tradicionais são cozidos em panelas de barro ou assados em moquéns e embebidos de tucupi (caldo amarelo extraído da mandioca).

O estado também tem um papel fundamental na música brasileira, pois muitos ritmos conhecidos nacionalmente surgiram no local. O Carimbó, gênero musical de origem indígena mais antigo do Pará, miscigenou-se com outras manifestações culturais e recebeu outras influências. Seu nome, em tupi, refere-se ao tambor que marca seu ritmo, o curimbó. Com o passar do tempo, ele transformou-se em um ritmo moderno, influenciando a lambada e o zouk. Atualmente, a cultura dos paraenses é formada por ritmos como o Tecnobrega, a Guitarrada, o Lundu, o Siriá e a Lambada, entre outros.

 

Fonte: Governo do Estado do Pará.

by The Cities

Mapa

Publicidade

The Cities

O The Cities é um Portal de conteúdo estruturado que atua de forma integrada na prestação de serviços de informações confiáveis, precisas e atualizadas nas áreas de economia, cultura, turismo, história, lazer, meio ambiente, saúde, urbanismo, poder público, cotidianos e gerais.

Informações

Como utilizar o Portal

Política de Privacidade

Aviso Legal

Quem Somos

Fale Conosco

Trabalhe conosco

Receba os conteúdos
do Portal The Cities:

Quero receber

© 2014 - 2019 The Cities Todos os direitos reservados

© 2014 - 2019 The Cities - Sua cidade em evidência. Todos os direitos reservados

aguarde, processando...