Publicidade

ARTIGO

Responsabilidade socioambiental no Brasil

A Responsabilidade Socioambiental representa um conjunto de ações empresariais que promovem o desenvolvimento da organização em harmonia com o meio ambiente e áreas sociais como a qualidade de vida, por exemplo. Fenômeno recente no Brasil, a Responsabilidade Socioambiental surgiu das novas exigências dos consumidores, que passaram a determinar suas escolhas de consumo baseando-se no comprometimento da empresa com o meio ambiente e com a sociedade.

Assim, cada vez mais as empresas buscam atuar no mercado externo e interno disseminando e aplicando metodologias que configuram a sua responsabilidade socioambiental. Para tanto, atuam em projetos de combate à fome, apoio a projetos em escolas e instituições públicas, apoio a políticas sociais de inclusão social, entre outros. Em se tratando especificamente de ações voltadas ao meio ambiente, as empresas atuam, por exemplo, na redução de resíduos, através de reciclagem; no estabelecimento de princípios ambientalistas; na redução da poluição através do emprego de novas tecnologias; na reutilização de recursos naturais, como a água; e na otimização do uso de energia.

O Brasil possui um programa que, coordenado pela Secretaria de Articulação Institucional e Cidadania Ambiental do Ministério do Meio Ambiente, visa implementar a gestão socioambiental sustentável das atividades administrativas e operacionais do Governo. Trata-se da Agenda Ambiental na Administração Pública (A3P), que “tem como princípios a inserção dos critérios ambientais que vão, desde uma mudança nos investimentos, compras e contratação de serviços pelo governo, até uma gestão adequada dos resíduos gerados e dos recursos naturais utilizados tendo como principal objetivo a melhoria na qualidade de vida no ambiente de trabalho”, conforme o próprio Ministério.

Com o objetivo de identificar e divulgar as iniciativas da administração pública que contribuem para a sustentabilidade socioambiental, a A3P reconheceu, em dezembro de 2009, os ganhadores do seu “1o Prêmio Melhores Práticas da A3P”. Na categoria Gestão de Resíduos o primeiro lugar ficou com o projeto “Programa Lixo Seletivo de Ubatuba” da Prefeitura de Ubatuba-SP. No quesito Melhor Gestão da Água, o primeiro lugar foi para a Prefeitura de Rio Branco-AC, com o projeto “Edificação Sustentável e Concurso de Redação para o Uso Racional da Água”. Já na categoria Melhor Gestão de Energia, ganhou o projeto “Etiquetagem de Prédios Públicos” da Caixa Econômica Federal. Por fim, na categoria Inovação na Gestão Pública, o primeiro lugar foi também para a Caixa Econômica, pelo Projeto “Agenda Caixa para a Sustentabilidade”.

Fonte: Instituto i3G

Ministério do Meio Ambiente

by The Cities

ARTIGOS RELACIONADOS

A3P

A Agenda Ambiental na Administração Pública (A3P) é um programa do Ministério do Meio Ambiente que visa implementar a gestão socioambiental ...

Publicidade

The Cities

O The Cities é um Portal de conteúdo estruturado que atua de forma integrada na prestação de serviços de informações confiáveis, precisas e atualizadas nas áreas de economia, cultura, turismo, história, lazer, meio ambiente, saúde, urbanismo, poder público, cotidianos e gerais.

Informações

Como utilizar o Portal

Política de Privacidade

Aviso Legal

Quem Somos

Fale Conosco

Trabalhe conosco

Receba os conteúdos
do Portal The Cities:

Quero receber

© 2014 - 2020 The Cities Todos os direitos reservados

© 2014 - 2020 The Cities - Sua cidade em evidência. Todos os direitos reservados

aguarde, processando...