Publicidade

ARTIGO

Cidade de Cuiabá

A cidade de Cuiabá, capital do Mato Grosso, faz limite com os municípios de Chapada dos Guimarães, Campo Verde, Santo Antônio do Leverger, Várzea Grande, Jangada e Acorizal. O local é cercado por três grandes ecossistemas, ficando ao norte do Pantanal, ao lado da Chapada dos Guimarães e sendo considerado a porta de entrada da Floresta Amazônica.

O Rio Cuiabá, afluente do Rio Paraguai, abastece o município e encontra-se no divisor de águas das bacias Amazônica e Platina. A região também é banhada pelos rios Coxipó-Açu, Pari, Mutuca, Claro, Coxipó, Aricá, Manso , São Lourenço , das Mortes , Cumbuca, Suspiro, Coluene , Jangada, Casca, Cachoeirinha e Aricazinho, além de córregos e ribeirões.

O clima local registra as temperaturas mais quentes entre as capitais brasileiras, sendo tropical quente e sub-úmido, com precipitação média anual de 1750 mm e intensidade máxima em dezembro, janeiro e fevereiro. A temperatura máxima, nos meses mais quentes, fica em torno de 43°C, e a mínima varia entre 12 e 14ºC. Durante a seca, que vai de maio a agosto, a umidade cai a níveis críticos, às vezes abaixo de 15%.

A economia local está focada principalmente no comércio e na indústria. A representatividade comercial é varejista e constituída por casas de gêneros alimentícios, vestuário, eletrodomésticos e artigos diversos, já o setor industrial é representado pela agroindústria. Grande parte da energia elétrica consumida pelo estado do Mato Grosso é gerada pela capital, onde funciona a Usina Termelétrica de Cuiabá. A estrutura é abastecida com gás natural boliviano, através de um ramal de gasoduto Brasil-Bolívia, que tem potência instalada de 480 MW.

Sua população estimada é de 585.367 habitantes (2016), contudo, seu crescimento demográfico aconteceu descontroladamente a partir dos anos 60. Nesse período, a população passou de 57.860 habitantes para 100.865 em 1970, 213.151 em 1980, 402.813 em 1991 e 483.346 em 2000. Esse aumento desordenado da população causou a ocupação das áreas periféricas da cidade, que sofrem com falta de planejamento, saneamento e outros serviços públicos.

O mercado turístico é um destaque crescente em Cuiabá. O município é dono de uma cultura muito peculiar, por causa de sua localização geográfica que o isolou do resto do país por muito tempo. Na arquitetura, na música, na dança, na culinária, no jeito de falar e em todas as suas manifestações culturais é possível identificar suas características genuínas. O folclore cuiabano, que é formado pelo Siriri, Caruru, Boi-à-Serra e Rasqueado, é uma das principais atrações turísticas da cidade. Contudo, a culinária também é bastante apreciada pelos visitantes, pois tem suas raízes nas cozinhas indígena, portuguesa, espanhola e africana. O seu diferencial está na incorporação de ingredientes da flora e da fauna nativas nas combinações e modos de preparo originais que lhe asseguram sabores, cheiros e aspectos inesquecíveis ao paladar e aos olhos.

O potencial turístico da cidade também está nos seus principais atrativos, como Vila Bela da Santíssima Trindade, o Pantanal matogrossense, a Chapada dos Guimarães e a Jaciara. Além disso, a festa do Divino Espírito Santo, realizada todos os ano na época de Pentecostes, reúne féis de várias partes do país para a ocasião. O Divino Espírito Santo começou a ser festejado em Portugal no início do século XIV, e os festejos surgiram no Brasil nos tempos coloniais, no reinado de Dom João VI. No século XVII, a festa espalhou-se por todas as colônias portuguesas e permanece viva até hoje na cultura cuiabense.

Fonte:

Prefeitura Municipal de Cuiabá

IBGE

by The Cities

Mapa

Publicidade

The Cities

O The Cities é um Portal de conteúdo estruturado que atua de forma integrada na prestação de serviços de informações confiáveis, precisas e atualizadas nas áreas de economia, cultura, turismo, história, lazer, meio ambiente, saúde, urbanismo, poder público, cotidianos e gerais.

Informações

Como utilizar o Portal

Política de Privacidade

Aviso Legal

Quem Somos

Fale Conosco

Trabalhe conosco

Receba os conteúdos
do Portal The Cities:

Quero receber

© 2014 - 2019 The Cities Todos os direitos reservados

© 2014 - 2019 The Cities - Sua cidade em evidência. Todos os direitos reservados

aguarde, processando...