Publicidade

ARTIGO

Cidade de Colatina

Colatina situa-se no centro do estado do Espírito Santo, no vale do Rio Doce, a 131 km de distância da capital Vitória. É cortada pela estrada de ferro Vitória-Minas, pela BR 259 e pela Rodovia Estadual 080 (Rodovia do Café). Faz limites com os municípios de Pancas, São Domingos do Norte, Itaguaçu, Governador Lindenberg, São Roque do Canaã, Linhares, João Neiva, Rio Bananal, Marilândia e Baixo Guandu. Possui uma área de 1.416 km² e uma população estimada de 123.598 habitantes, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para o ano de 2016. O clima é o tropical quente e úmido, com temperatura média anual de 28ºC e período de chuvas em outubro e janeiro.

Encontra-se em uma posição estratégica, pois está a 50 km da BR 101, que corta o país de Norte a Sul, e fica a 130 Km da BR 262, que a liga à região central do país, permitindo o escoamento de diversos produtos vindos de várias partes do país e do exterior.

O café “conilon” é o maior produto agrícola do município, mas há também a fruticultura e a produção hortigranjeira. Além da agricultura, o município destaca-se no setor industrial e no comércio, os quais geram muitos empregos. O polo de confecções com mais de 500 empresas ( 97% de micro e pequenas) que oportunizam a criação de milhares de empregos diretos e indiretos. A indústria moveleira, com 150 empresas, também é importante na cidade e está caracterizada pela produção artesanal de móveis. O comércio de Colatina é dinâmico, sendo uma referência para o norte do estado.

Colatina encontra-se na região de abrangência da Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste, a Sudene, o que proporciona vantagens para quem deseja empreender e instalar uma empresa no município.

A extensa área, que vai da floresta do Rio Doce até São Mateus, no Norte do estado do Espírito Santo, além de uma parte do estado de Minas Gerais, era dominada pelos índios botocudos. Povo guerreiro que vivia sempre em disputa com seus vizinhos como os malalis, capuchos e pataxós, dentre outros.

Por volta de 1572, tem-se a primeira tentativa de adentrar na localidade do Rio Doce, sob a chefia de Sebastião Fernandes Tourinho. Após vários confrontos com o homem branco, os índios começaram a desaparecer a partir de 1921, devido ao rápido crescimento do povoado.

Colatina pertencia à Vila de Linhares, de acordo com o a resolução de abril de 1833 do Conselho da Província. Houve várias tentativas de se colonizar a região com estrangeiros, como portugueses, alemães, franceses, para morarem e trabalharem na lavoura. No entanto, o confronto com os índios, as doenças tropicais e o clima frustaram tais tentativas.

Em 1888, no vapor “Adria”, chegaram os primeiros italianos, das famílias Bernardina, Belei, Bertolo, Contadini, Caliari, Ferrari, Corradi, dentre outras. O antigo núcleo “ Antonio Prado”, nesse mesmo ano, foi elevado à categoria de Vila, chegando mais duas levas de imigrantes italianos, em 1888 e em 1889. No ano de 1921 foi criado o município de Colatina, separado de Linhares, o qual perdeu sua categoria de sede municipal e passou a ser vila subordinada à Colatina.

Terra de altas temperaturas e de um povo amável e hospitaleiro apresenta nas tardes quentes de verão um lindo pôr do sol na Avenida Rio. Como atrativos turísticos possui as igrejas Nossa Senhora Auxiliadora e a Catedral do Sagrado Coração de Jesus; a Ponte Florentino Ávidos; o ninho das Garças; a estátua do Cristo Redentor; a Praça Sol Poente; a Praça Municipal; e a Região de São Pedro Frio, com um clima de montanha, a 40 km da cidade, é ótimo para quem quer respirar ar puro, fugir do calor do verão e curtir um inverno aconchegante.

Fonte:

Prefeitura Municipal de Colatina

IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

by The Cities

Mapa

Publicidade

The Cities

O The Cities é um Portal de conteúdo estruturado que atua de forma integrada na prestação de serviços de informações confiáveis, precisas e atualizadas nas áreas de economia, cultura, turismo, história, lazer, meio ambiente, saúde, urbanismo, poder público, cotidianos e gerais.

Informações

Como utilizar o Portal

Política de Privacidade

Aviso Legal

Quem Somos

Fale Conosco

Trabalhe conosco

Receba os conteúdos
do Portal The Cities:

Quero receber

© 2014 - 2019 The Cities Todos os direitos reservados

© 2014 - 2019 The Cities - Sua cidade em evidência. Todos os direitos reservados

aguarde, processando...