Publicidade

ARTIGO

Cláudio Manoel da Costa

Filho do português João Gonçalves da Costa com a mineira Teresa Ribeira de Alvarenga, Cláudio Manuel da Costa tornou-se conhecido no Brasil colonial por sua obra poética e pelo seu envolvimento na Inconfidência Mineira. Nascido no sítio da Vargem do Itacolomi, atual cidade de Mariana (MG), o poeta estudou Cânones em Portugal, e no Brasil foi advogado, jurista, fazendeiro, pensador e mecenas do artista Aleijadinho.

Em sua trajetória de vida, Cláudio foi muito bem sucedido no campo político, literário e profissional. Foi secretário de vários governadores, poeta de renome e advogado dos principais negociantes da capitania. Toda a sua dedicação e atuação lhe renderam uma ampla fortuna. Sua casa em Vila Rica, por exemplo, era uma das melhores vivendas da capital.

Todo o seu destaque e sucesso na vida pública e profissional era inversamente proporcional ao da vida pessoal. Cláudio Manoel da Costa foi suspeito de ter traído os amigos e até mesmo de ter tido alguma participação na Inconfidência Mineira. Mesmo assim, os clássicos da historiografia são unânimes em considerar e valorizar sua participação no movimento, principalmente no lado mais intelectualizado.

Apesar de ter fama de doutor e muito crédito como escritor, aos sessenta anos foi comprometido na chamada Conjuração Mineira. Preso e apavorado com as consequências da acusação de réu de inconfidência, morreu em circunstâncias obscuras em Vila Rica, no dia 4 de julho de 1789. Sua morte é o ponto mais crítico de sua biografia, por apresentar detalhes estranhos que se dividem nas hipóteses de suicídio e assassinato.

Quanto a essa questão, argumentos não faltam. Os que apostam no seu suicídio se baseiam no fato de que ele estava profundamente deprimido na véspera da sua morte. Já os partidários da tese do assassinato contestam a autenticidade do depoimento acrescentado aos autos da Devassa e do laudo que indicava que o poeta teria se enforcado usando os cadarços do calção em condições impossíveis.

Patrono da Academia Brasileira de Letras e dono do pseudônimo “Glauceste Saturnino” , Manoel da Costa teve a sua produção literária marcada pela transição do Barroco para o Arcadismo. Sua obra envolve poemas épicos como "Memória histórica e geográfica da descoberta das Minas", poesias que envolvem a problemática política, social e moral e inúmeros sonetos. Dentre elas, destacam-se “Munúsculo métrico” (1751), “Epicédio em memória de Frei Gaspar da Encarnação” (1753), “Labirinto de amor” (1753), “Obras Poéticas” (1768) e “Vila Rica” (1839). Com “Obras Poéticas” introduziu o Arcadismo no Brasil e a partir dessa obra passou a trabalhar sempre com base nos pensamentos árcades, deixando de lado o barroco presente em suas primeiras publicações.

Fonte: Portal online Wikipédia

Biblioteca virtual de Literatura

Portal online Grupo Escolar

by The Cities

ARTIGOS RELACIONADOS

Basílio da Gama

O poeta luso-brasileiro José Basílio da Gama nasceu em São José del-Rei, município de Minas Gerias, em julho de 1740. Na infância, órfão de ...

Frei José de Santa Rita

Frei José de Santa Rita Durão foi orador, poeta e religioso agostiniano do período colonial brasileiro. Nascido em Minas Gerais, no ano de ...

Inácio da Silva Alvarenga

Manuel Inácio da Silva Alvarenga foi o poeta brasileiro árcade mais moderno e letrado de sua época. Nascido em Vila Rica (MG), mas vivido no Rio ...

José de Alvarenga Peixoto

Jurista, ouvidor, político, funcionário público e poeta carioca. Esse foi Inácio José de Alvarenga Peixoto, que apesar de ser natural do Rio ...

Literatura árcade

O Arcadismo teve início no Brasil com a poesia de Cláudio Manoel da Costa “Obras Poéticas”, a primeira com traços e características do ...

Tomás Antônio Gonzaga

Poeta, jurista, ativista político e patrono da cadeira 37 da Academia Brasileira de Letras, Tomás Antônio Gonzaga é considerado o mais notável ...

Publicidade

The Cities

O The Cities é um Portal de conteúdo estruturado que atua de forma integrada na prestação de serviços de informações confiáveis, precisas e atualizadas nas áreas de economia, cultura, turismo, história, lazer, meio ambiente, saúde, urbanismo, poder público, cotidianos e gerais.

Informações

Como utilizar o Portal

Política de Privacidade

Aviso Legal

Quem Somos

Fale Conosco

Trabalhe conosco

Receba os conteúdos
do Portal The Cities:

Quero receber

© 2014 - 2019 The Cities Todos os direitos reservados

© 2014 - 2019 The Cities - Sua cidade em evidência. Todos os direitos reservados

aguarde, processando...