Publicidade

ARTIGO

Cidade de Laranjal do Jari

Laranjal do Jari é um município no sul do estado do Amapá, a 275 km da capital, que faz limite ao Norte com a Guiana Francesa e Suriname, ao Sul com Vitoria do Jari, ao Leste com Mazagão, Pedra Branca do Amapari e a Oeste com Almerim, no Pará. Com uma população de 46.639 habitantes (2016) e uma área de 30.782 quilômetros quadrados, a região que hoje corresponde ao Vale do Jari foi habitada, primeiramente, por indígenas e mais tarde por nordestinos que vieram trabalhar na extração da borracha. O município foi criado pela lei federal n.º 7.639, de 17 de dezembro de 1987, e desmembrado do município de Mazagão, sendo hoje o maior de todos os municípios do estado do Amapá.

Quanto à economia, no setor primário há a criação dos gados bovino e bubalino, além dos cultivos de arroz, abacaxi, banana, cupuaçu, feijão, laranja, milho, melancia e mandioca. No setor secundário, prevalece a extração e a fabricação de palmitos de açaí. Sobressai também a extração da castanha do Brasil, voltada à fabricação de óleo comestível, hoje exportada para a França e outros países da Europa. Ainda, Laranjal do Jari abriga algumas padarias e fábricas de tijolo que, além de atenderem o alto consumo interno, exportam boa parte para o estado do Pará, além de possuir algumas movelarias que fabricam produtos de boa qualidade. No setor terciário o comércio é, indubitavelmente, fator importantíssimo para o desenvolvimento da região, além de vários bares, boates e alguns hotéis.

O município de Laranjal do Jari localiza-se na região Sudoeste, à margem esquerda do rio Jari, que separa o estado do Amapá do estado do Pará. Sua altitude é de 50m (sede), predominando o clima tropical chuvoso, com temperatura máxima de 32,6º C e mínima de 20ºC . Seus principais atrativos turísticos são a Expovalejari, um dos maiores eventos turísticos do Estado do Amapá; a Trilha dos Castanhais, um mega evento motociclístico que atrai competidores de vários locais; a Reserva Extrativista do Rio Cajari, um referencial de desenvolvimento sustentável; e a cachoeira de Santo Antônio com aproximadamente 30 metros de altura, conhecida como uma das mais belas paisagens naturais do Brasil.

Outros eventos promovidos pela cidade são o Carna Jari que, realizado no mês de março, é um evento que visa descontrair a comunidade local; o Jari Verão, programação de lazer para o mês de férias, muito sol e lazer para todo mundo; o Festival da Castanha-do-Brasil, representação da Reserva Extrativista do local, que comemora-se no mês de abril; e o Festival Nhá Rin, evento realizado no mês de dezembro em comemoração ao aniversário do município.

Apesar de já haver ganho contornos de cidade, já que parte do centro urbano foi aterrado e asfaltado, a população do Laranjal do Jari ainda enfrenta problemas graves pela falta de saneamento básico; incêndios provocados por instalações elétricas precárias, principalmente devido ao aglomerado de palafitas; além das enchentes, que periodicamente deixam a cidade em situação calamitosa.

Fonte:

Portal online Prefeitura de Laranjal do Jari.

IBGE

by The Cities

Mapa

Publicidade

The Cities

O The Cities é um Portal de conteúdo estruturado que atua de forma integrada na prestação de serviços de informações confiáveis, precisas e atualizadas nas áreas de economia, cultura, turismo, história, lazer, meio ambiente, saúde, urbanismo, poder público, cotidianos e gerais.

Informações

Como utilizar o Portal

Política de Privacidade

Aviso Legal

Quem Somos

Fale Conosco

Trabalhe conosco

Receba os conteúdos
do Portal The Cities:

Quero receber

© 2014 - 2019 The Cities Todos os direitos reservados

© 2014 - 2019 The Cities - Sua cidade em evidência. Todos os direitos reservados

aguarde, processando...