Publicidade

RIO DE JANEIRO

Palácio Guanabara

Desde 1960, a administração do Estado do Rio de Janeiro tem como sede o Palácio Guanabara. Sua construção, do século XIX, tinha o intuito de servir como residência para a família do português José Maria Machado. Posteriormente, ela foi comprada pelo Império para ser a moradia da Princesa Isabel e seu futuro esposo, o Conde dEu, em 1865. Chamado de Paço da Isabel, o local serviu de cenário para assinatura da “Lei Áurea”, que aboliu a escravidão no Brasil em 1888.

O patrimônio das Princesas Isabel e Leopoldina foi incorporado à União após a proclamação da República, quando o Paço da Isabel recebeu a denominação de Palácio Guanabara.

Em 1908, a obra foi totalmente reformada pelo Prefeito do Distrito Federal, Marechal Souza Aguiar, e seu objetivo era transformar o palácio para abrigar o Rei de Portugal que viria ao país em visita oficial, contudo, o rei foi assassinado antes de chegar ao Brasil. Depois disso, entre 1910 e 1912, a casa foi residência oficial do Presidente Marechal Hermes da Fonseca.

De 1926 até 1947, o palácio foi destinado à residência oficial dos Presidentes da República, e viveram nele Washington Luiz, Getúlio Vargas, José Linhares e Eurico Gaspar Dutra. Em seguida, tornou-se sede do gabinete do Prefeito do Distrito Federal, quando passou por obras internas que transformaram sua estrutura residencial em administrativa.

Com a construção de Brasília pelo presidente JK, a capital foi transferida para a nova cidade em 1960. O antigo Distrito Federal virou Estado da Guanabara, onde o palácio era sua sede de governo. Após sua fusão com o antigo Rio de Janeiro, ele passou sediar o Governo do Estado do Rio de Janeiro.

Na época de sua construção, a arquitetura do palácio era considerada neoclássica, influenciada pelos franceses no país. Quando sofreu a reforma feita pelo Engenheiro Marcelino De Souza Aguiar, grande parte de suas características originais foi alterada. Em 1987, o Guanabara passou por uma nova restauração, que privilegiou seu estilo tradicional, trazendo de volta suas características neoclássicas.

Mapa

Publicidade

Publicidade

ARTIGOS RELACIONADOS

História do Rio de Janeiro

Em janeiro de 1502 os primeiros navios que chegaram na região avistaram o que lhes parecia a foz de um grande rio, batizando o território de Rio ...

Palácio Laranjeiras

O Palácio das Laranjeiras é considerado um dos mais belos patrimônios arquitetônicos do Estado do Rio de Janeiro. Atualmente é utilizado para ...

Primeiros moradores do Rio de Janeiro

Os índios Tupinambás foram as primeiras tribos encontradas pelos portugueses, em 1502, quando os lusos atracaram no Rio de Janeiro. As famílias ...

Publicidade

The Cities

O The Cities é um Portal de conteúdo estruturado que atua de forma integrada na prestação de serviços de informações confiáveis, precisas e atualizadas nas áreas de economia, cultura, turismo, história, lazer, meio ambiente, saúde, urbanismo, poder público, cotidianos e gerais.

Informações

Como utilizar o Portal

Política de Privacidade

Aviso Legal

Quem Somos

Fale Conosco

Trabalhe conosco

Receba os conteúdos
do Portal The Cities:

Quero receber

© 2014 - 2019 The Cities Todos os direitos reservados

© 2014 - 2019 The Cities - Sua cidade em evidência. Todos os direitos reservados

aguarde, processando...